Automation  | Engineering 

 IOT 

Blockchain / Cybersecurity

drone_flying_3.gif
drone_flying_3.gif
 
Get ready for WOC 2023!

Get ready for WOC 2023!

Reproduzir vídeo

Infrastructure
5.0

Engineering 5.0
 

 News

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã desta quinta-feira os dados do Produto Interno Bruto. Os resultados apontam que o PIB da Construção Civil cresceu 9,5% no primeiro semestre de 2022, em relação a igual período do ano passado, enquanto o País cresceu 2,5% no intervalo. Na avaliação do 2° trimestre, o PIB do setor teve alta de 2,7% sobre o trimestre anterior, enquanto o crescimento da economia nacional foi de 1,2% no período. Na comparação do segundo trimestre deste ano, com igual período de 2021, o crescimento foi de 9,9% na construção, enquanto o País, nesta base de comparação, cresceu 3,2%.
 

De acordo com o presidente da ABRAINC (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), Luiz França, o PIB da construção está ajudando a puxar a alta do PIB brasileiro. “O resultado mostra que o setor da construção mais uma vez teve papel decisivo do setor no processo de recuperação econômica do país. Os números também sinalizam que o nível de atividades do segmento continua se expandindo, o que também está refletindo no mercado de trabalho da construção civil, que apontou o melhor desempenho de julho ao registrar crescimento de 9,38%, conforme dados divulgados pelo Caged nesta semana”, afirma o executivo.
 

"A construção civil tem a particularidade de ser um setor que puxa fortemente o PIB brasileiro para cima e emprega muito. Isso contribui para que o desemprego no Brasil continue caindo”, finaliza Luiz França. O índice de desemprego que chegou a 14,8%, em 2021, caiu para 9,1% em julho deste ano, considerando que a construção civil foi a responsável pela geração de 15% dos empregos formais em 2022.